quinta-feira, 22 de junho de 2017

Como os novos movimentos eclesiais estão mudando a Igreja?

Massimo Faggioli – Junho 2017
.
“Os novos movimentos eclesiais não são, aos olhos de Francisco, as “elites” especiais da nova evangelização, como eram nos papados de João Paulo II e Bento XVI.
Ao percebê-las, Francisco critica explicitamente qualquer tendência sectária. Mas o próprio Papa entende que esses movimentos estão produzindo sacerdotes novos e muito necessários em uma Igreja Católica que ainda precisa que o clero funcione.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

O Vaticano na linha de frente contra a corrupção. Cardeal Turkson e don Ciotti: “Mobilizar as consciências”

Patrizia Caiffa –junho de 2017
Foto:Encontro internacional contra corrupção Agensir.it
A corrupção priva as pessoas, sobretudo os pobres, da liberdade, da dignidade e da justiça. A corrupção está presente em toda a parte, em todos os países do mundo, porque nasce no coração do homem.
Para encontrar propostas concretas e combater este “flagelo social” que é também “a linguagem das máfias” – como diz o Papa Francisco – foi realizado hoje um debate internacional organizado pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral. As entrevistas com o cardeal Turkson e com don Ciotti.

terça-feira, 20 de junho de 2017

O ECUMENISMO DAS MULHERES

n/d
Frei Bento Domingues, O.P. -18/06/17
Foto: Papa Francisco com bispas luteranas, após missa ecumênica. Osse. Rom.
“O teólogo valdense italiano, Paolo Ricca, depois de analisar a situação da mulher na comunidade cristã nascente, procurou mostrar como «progressivamente foi afastada, de quase todas as funções, até se tornar o proletariado do cristianismo”.

sábado, 17 de junho de 2017

HÁ DEZ ANOS DOM ALOÍSIO LORSCHEIDER NOS DEIXOU

Falarei como irmão que fala aos seus irmãos
      
Há pessoas que marcam nossa vida, seja por suas palavras, seus gestos ou simplesmente por estarem presentes na vida da gente.

Dom Aloísio Lorscheider (8-10-1924 a 23-12-2007) foi e continua sendo uma delas. Sua presença foi marcante na vida de muitas pessoas, tanto na Igreja como, e de modo especial, na vida da sociedade em geral. Em seu pastoreio mostrou permanentemente carinho pelas Comunidades Eclesiais de Base, “o único jeito da Igreja ser”, como gostava de dizer. Não menor foi sua dedicação àquela parcela do povo quase que completamente abandonada e maltratada, os encarcerados. Lembramo-nos sempre do episódio em 15 de março de 1994, quando Dom Aloísio e seus acompanhantes foram tomados reféns por detentos do ‘Instituto Penal Paulo Sarasate’ em Fortaleza.

Teologia e psicanálise: aliança em nome do humanismo

Estão distantes os tempos de anátemas e desconfianças entre Igreja e psicanálise. Hoje, o inconsciente pode ser ponte, não lugar de confrontos. Pierangelo Sequeri escreve: “Entre instituição religiosa e instituição psicanalítica, consolidou-se um ordenamento de recíproca convivência, que abre um amplo espaço para uma atitude de respeitosa distinção dos âmbitos e – até – de virtual admissão de margens de cooperação, no interesse de sujeitos com dificuldades especiais justamente na articulação psíquica da experiência religiosa”. Desde agosto, Sequeri é o diretor do Pontifício Instituto João Paulo II para os Estudos sobre Matrimônio e Família. Foi o Papa Francisco que o desejou.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Uma reflexão livre sobre a mística cristã. Artigo de Marco Vannini

“A recusa da fonte grega, ou seja, a universalidade da filosofia, da razão, com a qual todas as Igrejas hoje parecem concordar, é a recusa do Logos (esta, afinal, a único verdadeira, grande "repreensão" lançada em meu livro para Lutero), mas a recusa do Logos significa o fim do cristianismo, pelo menos enquanto religião do Logos que é Deus”, escreve Marco Vannini, um dos maiores estudiosos italianos de mística especulativa. Além de ter editado Mestre Eckhart e muitos outros místicos, é autor, em português, de Introdução à mística (Edições Loyola, 2005), em artigo publicado por Confronti, edição de junho de 2017. A tradução é de Luisa Rabolini.

Eis o artigo.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Vaticano II, a revolução sexual e a má-conduta sexual clerical

“A revolução sexual e o Vaticano II foram uma libertação do “controle parental”, o que para muitos resultou no surgimento repentino de uma adolescência psicológica plena com todo o seu risco assumido, experimentações desinibidas e falta de um sentido plenamente desenvolvido de responsabilidade. Consequentemente, dos que não deixaram a vida clerical, muitos, sem uma interioridade desenvolvida, ou caíram dentro de um liberalismo adolescente, ou colapsando sob as novas exigências adultas da liberdade, recuaram para dentro de um conservadorismo reacionário. Outros cresceram e adotaram novos modos de ser “celibatário”. Encontra-se a má-conduta sexual clerical dentro desses três grupos. Além disso, muitos das vítimas desta conduta imprópria ainda vivem hoje, mas permanecem desconhecidos; e a maior parte nunca falou de suas experiências”, escreve Stephen de Weger, doutorando na Queensland University of Technology, Brisbane, na Austrália, em artigo publicado por Eureka Street, sítio eletrônico da Companhia de Jesus na Austrália, 06-06-2017. A tradução é de Isaque Gomes Correa.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

‘A sociedade não percebeu ainda o tamanho do impacto nos direitos sociais que a reforma trabalhista vai gerar'


10 Junho 2017
 
    A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou, na terça-feira (6/06), o projeto de reforma trabalhista, por 14 votos a 11. O texto não sofreu nenhuma modificação em relação ao Projeto de Lei aprovado na Câmara dos Deputados no final de abril (PLC) 38/2017. O relator da matéria na CAE, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), rejeitou todas as 242 emendas apresentadas pelos senadores da comissão, sob a justificativa de que isso significaria ter que remeter o texto novamente à Câmara. Em seu relatório, no entanto, o senador recomendou o veto, pelo presidente da República, de alguns pontos do projeto que ele mesmo considerou que precisam ser mais bem debatidos. O projeto segue agora para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) para em seguida ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, antes de ir a plenário.

    terça-feira, 13 de junho de 2017

    Imagem relacionada
    Sarah Mac Donald – NCR – 27 Maio 2017
    Foto:Bispo Crispian Hollis -In:catholicherald.co.uk
    ordenação de homens casados “precisa ser explorada abertamente dentro da Igreja na Inglaterra e no País de Gales a nível nacional e diocesano”, disse o bispo aposentado de Portsmouth, na Inglaterra.
    A reportagem é de Sarah Mac Donald, publicada por National Catholic Reporter, 25-05-2017.
    Falando ao NCR, o Bispo Crispian Hollis disse que estava “cada vez mais consciente” da pressão enfrentada pelos padres devido à falta de sacerdotes. Ele acredita que a questão da ordenação de homens casados não deve ser relegada a “conversas dentro de paróquias e entre os fiéis leigos”.

    segunda-feira, 12 de junho de 2017

    HÁ DEZ ANOS DOM ALOÍSIO LORSCHEIDER NOS DEIXOU

    Falarei como irmão que fala aos seus irmãos
          
    Há pessoas que marcam nossa vida, seja por suas palavras, seus gestos ou simplesmente por estarem presentes na vida da gente.

    Dom Aloísio Lorscheider (8-10-1924 a 23-12-2007) foi e continua sendo uma delas. Sua presença foi marcante na vida de muitas pessoas, tanto na Igreja como, e de modo especial, na vida da sociedade em geral. Em seu pastoreio mostrou permanentemente carinho pelas Comunidades Eclesiais de Base, “o único jeito da Igreja ser”, como gostava de dizer. Não menor foi sua dedicação àquela parcela do povo quase que completamente abandonada e maltratada, os encarcerados. Lembramo-nos sempre do episódio em 15 de março de 1994, quando Dom Aloísio e seus acompanhantes foram tomados reféns por detentos do ‘Instituto Penal Paulo Sarasate’ em Fortaleza.

    Francisco e Trump

    Resultado de imagem para FRancisco e Trump no Vaticano
    Anselmo Borges – 09/06/2017 – Foto: reportermaceio.com.br
    ” Penso que um dos problemas com Trump é que é muito infantil. É impetuoso, destemperado, age a partir da ira e não modera os sentimentos. Essa é uma forma perigosa de actuar, e isso é característico das crianças. ……….
     Há uma coisa que o Papa Francisco tem: um sentido maravilhoso de maturidade. Maturidade, equilíbrio e justiça. Estando assim as coisas, julgo que Francisco é um dos poucos muros de contenção -talvez o único – ao que Trump gostaria de fazer.” – Harvey Cox

    sábado, 10 de junho de 2017

    «Jesus Cristo não tem grandes teorias», Andrés Torres Queiruga

     João Céu e Silva – DN –  2017
     O teólogo espanhol Andrés Torres Queiruga esteve em Portugal para três debates. Jesus, de quem diz que foi um homem de sínteses e não de teorias, foi um dos temas da entrevista. Tal como Fátima.
    Para o teólogo português Anselmo Borges, Andrés Torres Queiruga é «o teólogo que de modo mais profundo e conseguido enfrentou o cristianismo com a modernidade e a modernidade com o cristianismo». Torres Queiruga explicou ao Diário de Notícias a sua visão da Igreja atual.

    sexta-feira, 9 de junho de 2017

    O jesuíta que desafia os conservadores: “A Igreja deve acolher os gays. A homofobia é um pecado”

    Resultado de imagem para O jesuíta que desafia os conservadores: “A Igreja deve acolher os gays. A homofobia é um pecado”
    Paolo Rodari – 09 Junho 2017
    É um dos escritores estadunidenses mais lidos nos Estados Unidos. Colunista do The New York Times e da Time, ele intervém frequentemente na Fox News e na NBC. Escreve livros de espiritualidade.
    O padre jesuíta James Martin, principal consultor do novo filme de Martin Scorsese, “Silêncio”, publicou recentemente um novo livro explosivo: Building a Bridge [Construindo uma ponte], dedicado à acolhida das pessoas LGBT
    A reportagem é de Paolo Rodari, publicada no jornal La Repubblica, 08-06-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

    quinta-feira, 25 de maio de 2017

    O Papa Francisco sabe exatamente como foi o martírio de Romero, conta Rosa Chávez, bispo auxiliar de San Salvador

    O bispo auxiliar de San SalvadorGregorio Rosa Chávez, disse que o Papa Francisco mostrou seu interesse pela pronta canonização do bispo mártir, Óscar Arnulfo Romero, e pela beatificação do Pe. Rutilio Grande, cerimônias que podem ser realizadas em um mesmo evento.
    A reportagem é publicada por Diario Colatino, 03-11-2015. A tradução é de André Langer.
    Ele deu esta notícia na recente visita que membros da Arquidiocese salvadorenha fizeram à Cidade do VaticanoRoma, em ação de graças pela beatificação de Romero.

    Rosa Chávez, o auxiliar que o Papa fez cardeal. Uma homenagem à figura de D. Oscar Romero

    Papa Francisco surpreendeu hoje com a sua decisão de elevar ao cardinalato a um bispo auxiliar deixando o arcebispo dessa diocese em o barrete. Numa decisão sem precedentes, Francisco anunciou neste domingo que entregará o barrete vermelho a Gregorio Rosa Chávez, bispo auxiliar de San Salvador, em El Salvador, enquanto o titular da arquidiocese, José Luis Escobar Alas, seguirá sendo arcebispo.

    quarta-feira, 24 de maio de 2017

    O que eu penso sobre Fátima

    Anselmo Borges 
    Não custa admitir que as três crianças em Fátima fizeram uma verdadeira experiência religiosa interior. Evidentemente, como crianças e no contexto das suas vivências, incluindo as vivências religiosas da época; enquanto crianças, é natural que essa experiência tenha assumido
    • uma esquematização feminina com a figura materna de Nossa Senhora e, dentro do contexto histórico,
    • com dimensões de exaltação (luz “mais brilhante do que o Sol”)
    • e também de pavor (“o fogo do inferno”).
     1 Para quem acredita verdadeiramente no Deus dos cristãos, Fátima é uma questão ao mesmo tempo simples e tremendamente exigente.

    terça-feira, 23 de maio de 2017

    Sínodo para os povos da Amazônia: Igrejas de nove nações sul-americanas estariam envolvidas

    Luis Badilla e Francesco Gagliano –
    Foto: Uru-Eu-Wau-Wau – Il Sismografo
     É cativante e singular a proposta do Papa Francisco, sugerida no recente encontro com os bispos do Peru no Vaticano para a sua quinquenal visita ad limina: um sínodo para os povos e nações que vivem na floresta pluvial da Amazônia, povos que pertencem atualmente a nove países: Brasil (67%), Peru (13%), Bolívia (11%), Colômbia (6%), Equador (2%), Venezuela (1%), SurinameGuiana e Guiana Francesa (somados com 0,15%).
    A reportagem é de Luis Badilla e Francesco Gagliano, publicada no sítio Il Sismografo, 18-05-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

    segunda-feira, 22 de maio de 2017

    Pela ética na política: nota da CNBB sobre o momento nacional

    Brasília, 19/05/2017
    Foto: Presidência da CNBB
    A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), emitiram na manhã desta sexta-feira, 19 de maio, uma Nota Oficial com o título “Pela Ética na Política” na qual afirmam que a Conferência está “unida aos bispos e às comunidades de todo o país” e acompanha “com espanto e indignação” as graves denúncias de corrupção política acolhidas pelo Supremo Tribunal Federal.
    Na Nota, os bispos afirmam que “tais denúncias exigem rigorosa apuração, obedecendo-se sempre as garantias constitucionais. Apurados os fatos, os autores dos atos ilícitos devem ser responsabilizados.

    Ratzinger renunciou à renúncia? O fim de um mito

    …”o elogio do incompetente torna incompetente o elogio”  – Andrea Grilllo
    Pierluigi Mele – 20/05/17
    Ratzinger renunciou à renúncia? A pergunta pode parecer uma provocação, mas um episódio levanta essa dúvida. Trata-se da publicação de um “prefácio”, conforme antecipado pelo jornal Corriere della Sera e pelo sítio Nuova Bussola Quotidiana, a um livro intitulado La forza del silenzio [A força do silêncio], do cardeal conservador Sarah, prefeito da Congregação para o Culto Divino
    A reportagem é de Pierluigi Mele, publicada no blog Confini, 19-05-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

    quinta-feira, 11 de maio de 2017

    O papa como o "Louco": a "filosofia da pedrinha" e a "saudável loucura". Artigo de Antonio Spadaro

    “O Papa Francisco quer ser o Louco felliniano: ‘O zelo apostólico tem algo de loucura, mas de loucura espiritual, de saudável loucura. E Paulo tinha essa saudável loucura’. A pessoa que encarna essa loucura é o homem de fé.”

    A opinião é do jesuíta italiano Antonio Spadaro, diretor da revista La Civiltà Cattolica, 04-05-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

    Eis o texto.

    quarta-feira, 10 de maio de 2017

    Marciano Vidal: “Os divorciados em segunda união podem comungar”

    “É um grande sábio, misericordioso como pessoa e como moralista, e uma pessoa livre, ainda que, por causa disto, teve que pagar um preço alto”. Foi dessa forma que Antonio Ávila, diretor do Instituto Superior de Pastoral, apresentou o teólogo redentorista Marciano Vidal (San Pedro de Trones, 1937), antes que palestrasse sobre a Amoris Laetitia no II Colóquio de PPC e do ISP, ocorridas em Madri.

    A reportagem é de José Manuel Vidal, publicada por Religión Digital, 05-05-2017. A tradução é do Cepat.

    Marciano Vidal não desapontou, apresentando uma leitura da Amoris Laetitia clara, direta, pedagógica e muito livre. Com a santa liberdade que os anos oferecem e a consciência de ser assistido pelos novos ventos que sopram de Roma, por obra e graça do Espírito e do Papa Francisco.

    terça-feira, 9 de maio de 2017

    Pasolini e a crítica à hipocrisia de quem quer melhorar o mundo. Entrevista especial com Vinícius Honesko


    Por: João Vitor Santos | 06 Maio 2017
     
     

      Pier Pasolini reconhece uma impossibilidade de melhorar o mundo. “Dizia ele que aqueles que dizem fazer algo para melhorar o mundo são cretinos e, quando menos se espera, acabam presos por calúnia”, explica. Dado que, com isso, o mundo pode piorar, “cabe a nós lutar não para que melhore, mas para evitar sua piora; lutar por manter um mínimo e, quiçá, por uma sociedade verdadeiramente socialista”, afirma Vinícius Nicastro Honesko, em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line.

      segunda-feira, 8 de maio de 2017

      Quem é Miriam para os judeus

      Riccardo Di Segni – 04 Maio 2017
      Foto: Mãe Judia. Da internet
       “O que importa, na prática, considerando que os usuários dessas histórias não eram filólogos, mas pessoas comuns, é que Maria resulta como uma mulher virtuosa e como uma vítima, diferentemente de outras fontes puramente polêmicos a seu respeito. Assim, assistimos a um paradoxo em que a figura de Maria, mesmo em um contexto polêmico, preserva aspectos de inocência e todos compreendem e compartilham seu sofrimento pessoal”, escreve Riccardo Di Segnirabino-chefe de Roma, em artigo publicado por L’Osservatore Romano, 02-05-2017. A tradução é de Luisa Rabolini.
      Eis o artigo.

      sábado, 6 de maio de 2017

      DEPRESSÃO NO ALTAR: QUANDO PADRES E SACERDOTES PRECISAM DE AJUDA

      André Bernardo - Do Rio de Janeiro para a BBC Brasil
      30 de abril de 2017

      Direito de imagem Marcelo Camargo/Agência Brasil Image caption Padre celebra missa de Corpus Christi na Esplanada dos Ministérios, em Brasília; como outros trabalhos, vida sacerdotal pode provocar estresse e depressão.

      sexta-feira, 5 de maio de 2017

      "Não sejam mais papistas do que o papa, mais restritivos do que a Igreja", pede Francisco aos leigos

      “Por favor, vocês não podem ser mais restritivos do que a própria Igreja, nem mais papistas do que o papa: abram as portas, não façam exames de perfeição cristã, porque, ao fazerem isso, vocês promoverão um farisaísmo hipócrita.”


      A reportagem é de Iacopo Scaramuzzi, publicada no sítio Vatican Insider, 27-04-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

      quinta-feira, 4 de maio de 2017

      "Não existe um ecumenismo estático." Entrevista com o Papa Francisco no voo de volta do Egito

      Como já é habitual ao concluir as suas viagens internacionais, o Papa Francisco concedeu uma coletiva de imprensa no voo de volta a Roma, 29-04-2017, depois da sua viagem ao país africano do Egito.
      Em diálogo com os jornalistas, o Santo Padre tratou de diversos temas, tais como a forma como são realizadas as audiências privadas que ele concede, a situação atual da França e da Europa, a "terceira guerra mundial" em pedaços, a situação na Venezuela, dentre outros.

      quarta-feira, 3 de maio de 2017

      "Melhor não crer do que ser um crente hipócrita", afirma Francisco

      “Deus aprecia unicamente a fé professada com a vida, porque o único extremismo admitido aos crentes é o da caridade.” Francisco celebra a missa no Air Defence Stadium da aeronáutica militar. Razões de segurança aconselharam uma área militar bem protegida. Finalmente, ele pode passar em um carro descoberto e se aproximar dos fiéis da pequena Igreja Copta Católica, que chegaram a 30 mil, um número muito elevado, se considerarmos que são apenas 0,3% da população egípcia.
      A reportagem é de Gian Guido Vecchi, publicada no jornal Corriere della Sera, 30-04-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

      Papa invocado em escândalo argentino de pedofilia na Igreja

       Sacerdote argentino cumpre 15 anos de cadeia por abuso sexual e corrupção de um menor. Era diretor de um orfanato e assegura contar com o apoio de Francisco – jornal espanhol El País

      Em Março passado, o Supremo Tribunal argentino, última instância de recurso, confirmou a condenação a 15 anos de cadeia, mas nem este desfecho parece suficiente para dar o caso por encerrado: o sacerdote, que muitos apontam como antigo confessor de Francisco, continua a usar o colarinho clerical na prisão, onde dispõe de regalias interditas aos outros prisioneiros, como casa de banho privativa, frigorífico, telemóvel e televisão.

      terça-feira, 2 de maio de 2017

      INFERNOS NÃO FALTAM

      Frei Bento Domingues, O.P.
      1. Pesadelos do Inferno, evidências do Purgatório e tristezas do Limbo faziam parte da paisagem religiosa da minha infância. As Alminhas do purgatório habitavam em dois nichos na minha aldeia.
      Suscitavam devoção e reciprocidade: «Vós, que ides passando, lembrai-vos de nós que estamos penando». As pessoas lembravam-se e, para tudo o que precisavam, a elas recorriam, sabendo que aliviavam as suas penas.

      ENCONTRO MFPC CEARÁ - 07 DE MAIO

      TEMAS IMPORTANTES PARA NOSSA VIDA
      O Movimento das Famílias dos Padres Casados – Ceará convida a todos a se fazerem presentes no nosso primeiro encontro de reflexão, estudo e debate deste ano de 2017.
      Tema:
      “FÉ E POLÍTICA.
      EXIGÊNCIAS DO EVANGELHO.”