sábado, 31 de janeiro de 2015

PAPA FRANCISCO:

memória e esperança são os parâmetros do cristão

Papa Franciso na Missa de hoje em Santa Marta - OSS_ROM
30/01/2015 13:36

Sexta-feira, 30 de janeiro, na Missa em Santa Marta o Papa Francisco afirmou que o cristão devem sempre preservar a memória do seu primeiro encontro com Cristo e a esperança n’Ele, que o empurra a ir em frente na vida com a coragem da fé.
leia mais:

 

Cristãos mornos
O Santo Padre orientou a sua homilia a partir da frase inicial da Carta aos Hebreus, na qual o autor convida todos a chamar “à memória aqueles primeiros dias”, aqueles em que haveis recebido “a luz de Cristo”:
“A memória é tão importante para recordar a graça recebida, porque se nós largamos este entusiasmo que vem da memória do primeiro amor, vem aquele perigo tão grande para os cristãos: a tepidez. Os cristãos tépidos. E estão ali, parados, e sim, são cristãos, mas perderam a memória do primeiro amor. E perderam o entusiasmo. Também perderam a paciência, aquele tolerar as coisas da vida com o espírito do amor de Jesus; aquele levar às costas, as dificuldades… os cristãos tépidos, pobrezinhos, são um grave perigo.”
Memória e Esperança
Os cristãos mornos são aqueles que ficam a meio do caminho e que deixam falir o seu caminho em direção ao encontro com Jesus. Cristãos que perderam a memória e também a esperança. E, segundo o Papa Francisco são estes os parâmetros de um cristão: a memória e a esperança:
“O cristão tem estes dois parâmetros: a memória e a esperança. Evocar a memória para não perder aquela experiência tão bela do primeiro amor, e que alimenta a esperança. Tantas vezes a esperança é obscura, mas vai em frente. Acredita e vai, porque sabe que a esperança não desilude para encontrar Jesus. Estes dois parâmetros são justamente a moldura na qual podemos preservar esta salvação dos justos, que vem do Senhor”.
 “Dão pena, faze mal ao coração tantos cristãos a meio do caminho, tantos cristãos falidos neste caminho rumo ao encontro com Jesus, partindo do encontro com Jesus. Este caminho no qual perderam a memória do primeiro amor e não têm a esperança. Peçamos ao Senhor a graça de preservar no presente, o dom da salvação”. (RS)

FONTE: http://pt.radiovaticana.va/news/2015/01/30/_papa_mem%C3%B3ria_e_esperan%C3%A7a_s%C3%A3o_os_par%C3%A2metros_do_crist%C3%A3o/1120730

Nenhum comentário:

Postar um comentário