segunda-feira, 30 de novembro de 2015

A voz crítica e a construção do novo


Selvino Heck
Adital
Mais de cem escolas públicas estaduais, inclusive algumas de educação integral, estão ocupadas por alunos em São Paulo, com apoio dos pais e da comunidade, exigindo a derrubada de decisão do governo estadual por seu fechamento. O movimento já dura semanas, cresce a cada dia e a Justiça tem dado ganho de causa aos ocupantes.

[ENTREVISTA ESPECIAL] Católicos pelo clima defendem que ecologia não pode estar dissociada do humano


Cristina Fontenele
Adital
Às vésperas da 21ª Conferência das Partesdas Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP21), que será realizada de 30 de novembro a 11 de dezembro, em Paris, na França, países de todo o mundo irão debater um acordo climático para conter o aquecimento global. A proposta deve substituir o Protocolo de Kyoto, expirado em 2012 e prorrogado por prazo indeterminado.

Viagem do Papa Francisco à África

Discursos em Uganda e República Centro-africana (RCA)

1. ENCONTRO COM OS SACERDOTES, OS RELIGIOSOS, AS RELIGIOSAS E OS SEMINARISTAS  EM KAMPALA
2. ENCONTRO COM A CLASSE DIRIGENTE E COM O CORPO DIPLOMÁTICO EM BANGUI (RCA)
3. ENCONTRO COM AS COMUNIDADES EVANGÉLICAS
4. EUCARISTIA COM SACERDOTES, CONSAGRADOS E LEIGOS COMPROMETIDOS -ABERTURA DA PORTA SANTA
5. FRANCISCO AOS JOVENS DE BANGUI: RESISTAM À GUERRA E À DIVISÃO!
6. PAPA EM CAMPO DE REFUGIADOS: “SOMOS TODOS IRMÃOS, POR ISSO QUEREMOS APAZ”

 

sábado, 28 de novembro de 2015

Papa Francisco \ Viagens

Papa aos consagrados: não há espaço para ambições de poder

Religiosos durante o encontro com o Papa - REUTERS
26/11/2015 16:16
Nairóbi (RV) - O Papa Francisco encontrou-se nesta quinta-feira (26/11), com o clero, religiosos, religiosas e seminaristas do Quênia. O evento realizou-se na Escola de Santa Maria, em Nairóbi.

"Nas mãos do Estado Islâmico, eu tive compaixão dos meus sequestradores." O depoimento do Pe. Jacques Mourad

O sacerdote siro-católico relata os meses de cativeiro nas mãos das milícias jihadistas. Várias vezes, os carcereiros encenaram a sua execução. Em uma ocasião, ele também foi açoitado. A partir do medo inicial, ele conta que experimentou a graça do perdão e da misericórdia. Foram fundamentais a oração e a confiança em Nossa Senhora.
A reportagem é de Fady Noun, publicada pela agência AsiaNews, 20-11-2015. A tradução é deMoisés Sbardelotto.
"Essa graça foi dada a mim para ser de conforto a um grande número de pessoas." A afirmação é do padreJacques Mourad, sacerdote da Igreja Siro-Católica. De passagem por Beirute, encontramo-lo nos salões da Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, em Beirute.
Prior do mosteiro de Mar Elian e dos fiéis do vilarejo de Qaryatayn, perto de Palmira, o padre Mourad foi sequestrado por milicianos do Estado Islâmico (Daesh) no dia 21 de maio de 2015. Permaneceu nas mãos dos seus sequestradores por quatro meses e 20 dias, antes de retornar, no dia 10 de outubro, para aquilo que nós costumamos chamar de "mundo livre".

Católicos e luteranos publicam “Declaração a Caminho” da unidade plena

Expressando 50 anos de diálogo nacional e internacional, luteranos e católicos juntos emitiram uma “Declaração a Caminho: Igreja, Ministério e Eucaristia” (Declaration on the Way: Church, Ministry and Eucharist), documento ecumênico que marca um trajeto em direção a uma unidade mais visível entre católicos e luteranos. A publicação em 30 de outubro deste documento vem na véspera do aniversário da publicação das 95 Teses de Martinho Lutero, fator que provocou a Reforma protestante.
A declaração foi publicada por Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB, sigla em inglês), 30-10-2015. A tradução é de Isaque Gomes Correa.
“Em sua recente visita aos Estados Unidos, o Papa Francisco enfatizou, repetidas vezes, a necessidade e a importância de um diálogo. Esta Declaração a Caminho representa, de forma concreta, uma oportunidade para que os luteranos e católicos se juntem, agora, de maneira unificadora num caminho finalmente em direção à comunhão plena”, disse Dom Denis J. Madden, bispo auxiliar da Arquidiocese de Baltimore, membro católico da força-tarefa que produziu a Declaração.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

COP21: Maior acordo climático do século bate à porta

Mas por que os ânimos estão tão aflorados? Por que nunca se viu tanta movimentação com relação a um acordo climático? A resposta é simples: porque o que antes eram apenas previsões negativas nas quais uns acreditavam e outros não, agora é realidade. E as pessoas estão sofrendo.

Papa Francisco \ Missa Santa Marta

Missa em Nairóbi: o amor de Deus contra novos desertos da indiferença

Papa celebrou primeira missa em solo africano - AFP
26/11/2015 09:41
Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco celebrou na manhã desta quinta-feira (26/11) a primeira missa em solo africano. No campus da Universidade de Nairóbi, apesar da chuva, um milhão de fiéis participou da celebração.

Giorgio Agamben: "O estado de emergência não pode ser permanente"



O filósofo Giorgio Agamben critica a decisão de Hollande de modificar a Constituição francesa: "É perigoso aceitar qualquer limitação da liberdade em nome da segurança".
A reportagem é de Marie Richeux, publicada no jornal La Repubblica, 24-11-2015. A tradução é de Moisés Sbardelotto.
Este texto é um excerto da entrevista concedida por Giorgio Agamben à France Culture, a rádio pública francesa, que transmitiu um programa especial sobre o massacre do dia 13 de novembro e sobre a reação do governo, convidando o filósofo para refletir sobre esse tema em particular: "François Hollande propôs modificar a Constituição, mudando a duração e a modalidade do 'estado de emergência' para responder da melhor forma possível ao 'terrorismo de guerra'".

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Papa Francisco \ Viagens

Religião “jamais seja usada para justificar ódio e violência"

Francisco chega para o encontro ecumênico - AFP
26/11/2015 09:22
Nairóbi (RV) – Na Nunciatura de Nairóbi, aonde passou a noite, o Papa presidiu na manhã desta quinta-feira (26/11) um Encontro Ecumênico e Inter-religioso, com a presença de líderes das diferentes confissões cristãs (anglicana, evangélica, metodista, pentecostal e outras) e das diversas crenças religiosas professadas no país. Também participaram algumas personalidades civis engajadas na promoção do diálogo inter-religioso.
 

Papa Francisco \ Viagens

No Quênia, Papa pede autêntica preocupação com os pobres

Francisco e o presidente Uhuru Kenyatta - REUTERS
25/11/2015 17:01
Nairóbi (RV) - “A vossa nação é também uma nação de jovens.” “A juventude é o recurso mais valioso de qualquer nação”: nesses termos, o Papa Francisco quis dirigir suas primeiras palavras à nação queniana, no início de sua primeira viagem ao continente africano.

Papa Francisco \ Viagens

Editorial: A África que Francisco visitará


Menino olha trem passar pelo meio da favela de Kibera, em Nairóbi - REUTERS
25/11/2015 12:26

Cidade do Vaticano (RV) - A paz e a justiça, a luta contra a corrupção, a unidade nacional, a salvaguarda do ambiente e da biodiversidade são questões cruciais para as regiões que o Papa visitará nos próximos dias. Tudo visto no horizonte da pobreza que Francisco deseja ver de perto e tocar com a mão.

“O cidadão de Governador Valadares quer resposta para uma pergunta simples: Eu posso ou não beber a água que está saindo da minha torneira?” Entrevista especial com Ricardo Motta Pinto Coelho

“Todos estamos vendo que, quando uma barragem rompe, a mineradora fica completamente impotente na hora de tomar alguma medida. Agora que a lama do minério invadiu parte do Sudeste do Brasil, a sociedade precisa ajudar a fiscalizar as mineradoras”, frisa o biólogo.
Foto: revistarevisoesurbanas.com.br
“O que percebemos não só em relação à mineração, mas quando olhamos para as barragens em Minas Gerais de modo geral, é que há uma série de lacunas em termos de gestão e de fiscalização, porque existe uma pulverização de atribuições entre União, estados e municípios; falta governança no sentido mais absoluto da palavra”, dizRicardo Motta Pinto Coelho, que há trinta anos acompanha a situação das barragens de rejeitos como a da Samarco, que rompeu recentemente. Coelho pontua que é necessário “aumentar dramaticamente a sustentabilidade desses reservatórios, porque eles não podem ser encarados como uma bacia em que se jogam rejeitos de minérios”.
O biólogo teve acesso ao licenciamento ambiental daSamarco e afirma que é visível a “ausência de um protocolo que fosse bem claro no que diz respeito ao colapso do sistema, ou seja, o que deveria ser feito pela empresa e pelas pessoas que cuidam da segurança da barragem em caso de colapso. Porque todo o documento de licenciamento ambiental — eu já participei da elaboração de vários desses documentos — precisa prever os impactos ambientais de um determinado empreendimento”.
Na entrevista a seguir, concedida por telefone à IHU On-Line,Coelho também critica o modo como o Ministério do Meio Ambiente tem se pronunciado sobre o caso, apresentando laudos sobre a qualidade da água nos telejornais. “Nós estamos vendo a ministra do Meio Ambiente [Izabella Teixeira] divulgar laudos, quase diariamente, sobre a qualidade da água e essa é uma das principais críticas que faço sobre a forma da gestão dessa catástrofe do ponto de vista ambiental. Não é suficiente a divulgação de dados sobre qualidade de água; é importante, talvez, do ponto de vista de abastecimento público, mas seria muito importante a divulgação de laudos toxicológicos. Ou seja, o estado de contaminação dos peixes, da vegetação que foi afetada, dos inúmeros organismos que vivem não só na calha do rio, mas que dependem do rio para sua sobrevivência”, menciona.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

PORQUE FALAM TÃO MAL DO DEUS DA BÍBLIA?

CRISTO  REI  .....  CRISTO  SERVIDOR  E  POBRE

Para início de conversa .....
            Leonardo Boff, em recente artigo, discorre sobre um problema sério. Ele diz que tudo que há na vida pode ficar doente. Assim também as religiões. E continua dizendo: “E elas estão doentes. E a doença delas se chama fundamentalismo.”

            O que entendemos por “fundamentalismo”?

O termo se refere à crença na interpretação literal dos livros sagrados. Fundamentalistas são encontrados entre todas as religiões e seus seguidores, pregando que os dogmas de seus livros sagrados sejam seguidos à risca. O termo surgiu no fim do século 19, começo do século 20 nos EUA, quando alguns segmentos de protestantes determinaram que a fé cristã exigia acreditar em tudo que está escrito na Bíblia, tal qual. Isso em oposição à interpretação que leva em conta, e à sério, a leitura com base na ‘crítica literária’ e a partir do ‘contexto vital’ no qual os acontecimentos contidos na Bíblia são relatados.

Os significados da vitória de Macri na Argentina


Viomundo
Adital
Cristina Kirchner deixa a presidência da Argentina com cerca de 50% de aprovação a seu governo. No entanto, isso não foi suficiente para que conseguisse fazer com que seu correligionário Daniel Scioli, ex-governador da província de Buenos Aires, alcançasse a Casa Rosada.