sábado, 30 de abril de 2016

MFPC CEARÁ: PADRE JOÃO MENDES DE ANDRADE

PADRE JOÃO MENDES DE ANDRADE

Texto lido na entrega da Comenda Ordem do Mérito do Legislativo, em homenagem aos filhos e pessoas importantes para a história, construção e desenvolvimento do Município de São João do Jaguaribe, na Sessão Solene em homenagem aos cinqüenta anos de Emancipação Política deste Município, em 1º de junho de 2008:
      Nasceu em 07 de outubro de 1930, na cidade de Russas-Ce. Filho de Antônio Nogueira de Andrade e Hermínia Mendes, ambos falecidos.
      Veio de uma família simples, cheia de fé cristã e formada pelos irmãos: Joaquim, Antônio, Afonso, Pedro e José.
      Cursou o primário na sua terra natal e o Ensino Médio em Limoeiro do Norte e em Fortaleza.
      Foi ordenado sacerdote em 12 de dezembro de 1958, com 28 anos de idade na cidade de Limoeiro do Norte, no Seminário Cura D’ars.

A Igreja solteira, masculina e hierárquica que fala à família

João Vítor Santos – 17/04/2016
A filósofa e teóloga Ivone Gebara não esconde sua decepção com a exortação apostólica Amoris laetitia“ingenuamente eu esperava que se dirigisse primeiro às famílias católicas, sobretudo àquelas que querem estar, na medida do possível, dentro de uma prática de seguimento das orientações do papado”.

Entre a oligarquia e o populismo

"Dentro de algumas semanas teremos, mais uma vez, a oligarquia no poder. Na sua proclamação da República, o Brasil conseguiu rapidamente tecer um pacto de oligarquias locais que transformava a democracia em um regime de fachada", constata Vladimir Safatle, professor livre-docente do Departamento de filosofia da USP, em artigo publicado por Folha de S. Paulo, 29-04-2016.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Informe de los Sacerdotes Casados: EN ECUADOR ESTAMOS DE LUTO

 MARIO MULLO-ROSITA LEIVA – 27 abril 2016
Hasta hace unas semanas, el ambiente político caldeaba por las marchas y protestas contra las medidas económicas y leyes laborales que se dictan a través de la Asamblea Constituyente.
En medio de la crisis económica que atravesamos y de manera especial sienten los sectores vulnerables, el día 16 de Abril a las l9 horas, nuestro país  sufrió un terremoto de 7.8 grados, que destrozó la costa ecuatoriana de manera especial las provincias de Manabí, Esmeraldas, Guayas, y causó también daños en otras provincias de la sierra en donde sentimos el fuerte sacudón de larga duración, que dejó cuarteadas algunas paredes de las casas y edificios destrozados, de las ciudades y las provincias. Lo lamentable ha sido que ha causado 660 muertos, miles de heridos, cientos de familias sin vivienda, carreteras destrozadas, y otros daños urbanos y rurales.

Dogma da infalibilidade. Francisco responde ao apelo de Hans Küng

Küng se recusou a mostrar a carta ao National Catholic Reporter – NCR, citando “a confidencialidade que eu devo ao Papa“, mas ele diz que a carta foi datada de 20 de março e enviada para ele através da nunciatura em Berlim logo após a Páscoa.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Processo de impeachment foi grosseiramente forjado. Entrevista especial com Fábio Konder Comparato

“Faço um apelo para que se inicie desde logo, e se consolide, um vasto programa de educação ética em todos os níveis, a fim de que sejamos ao final capazes de rejeitar o espírito de egoísmo, que tomou conta do nosso povo, e que constitui a alma do capitalismo, como assinalou o Papa Francisco”, afirma o jurista.
Foto: jornalf8.net
“O Presidente da Câmara dos Deputados e seus auxiliares forjaram grosseiramente a existência de um crime de responsabilidade da Presidente Dilma Rousseff”, diz Fábio Konder Comparato à IHU On-Line.
Segundo ele, “a disposição constitucional do art. 85, inciso VI da Constituição Federal, declarando que constitui crime de responsabilidade o ato do Presidente da República que atente contra a lei orçamentária, deve ser completada com o disposto em lei”.

Populismo versus Localismo: em defesa do municipalismo e federalismo radicais

"Talvez seja a hora de a esquerda rever dois pontos: primeiro, a importância central que é colocada na poder central, com a Presidência ocupando o nó górdio do imbróglio da luta pelo poder em relação às possibilidades que um municipalismo deflagra; segundo, repensar a relação de desprezo ao federalismo em relação à crença de que apenas o atalho é o melhor caminho.", escreve Moysés Pinto Neto, doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em artigo publicado em sua conta no Medium, 18-04-2016.

Spinoza e a superação da construção de uma sociedade baseada nas paixões tristes

81
 Foto por Susana Rocca: Francisco durante sua palestra à noite.
“Há toda uma estrutura da economia e da sociedade que nos leva à depressão, à tristeza”, destaca, o conferencista de Fundações ontológicas e éticas da política e do direito: um olhar a partir de Spinoza, evento realizado na terça-feira, 19-04-2016, às 19h30, na Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros – IHU. O evento integra a programação do 3º Ciclo de Estudos Metrópoles, Políticas Públicas e Tecnologias de Governo. Territórios, governamento da vida e o comum.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Texto completo da homilia do Papa no jubileu dos adolescentes

“O amor é o único documento válido para ser discípulos de Jesus”, evitando falso modelos, com amor concreto na sua vida
ragazz14-740x493
Homilia Do Papa Aos Adolescentes No Seu Jubileu
«Por isto é que todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros» (Jo 13, 35).

Madre Teresa escreveu o Evangelho com a vida

Padre Geovane Saraiva*
Na Solenidade da Anunciação do Senhor, neste ano celebrado na data (4/4/2016), o Papa Francisco declarou que a história da humanidade foi feita de uma “corrente de sim a Deus, à esperança do Senhor”, a partir de Abraão e Moisés, destacando entre outros pontos que, na Eucaristia da Solenidade da Anunciação do Senhor, que no ‘sim’ de Maria se “encontra o sim de toda a História da Salvação”, fazendo-nos recordar o sim didático e consequente de Madre Teresa: “O importante não é o que se dá, mas o amor com que se dá”.

Em carta à CDF, teólogos e bispos pedem reforma nas investigações doutrinais vaticanas

 Vaticano - PaláciosUm grupo de destacados teólogos católicos, padres e bispos que foram criticados pelo principal departamento doutrinal do Vaticano uniram-se para pedir por um processo novo às investigações teológicas na Igreja que esteja marcado pela abertura e transparência em vez de um segredo profundo.

terça-feira, 26 de abril de 2016

A face de Deus nos refugiados

padre-geovane_tPadre Geovane Saraiva*
A Igreja é na sua natureza a essência divina, usando a comum linguagem de povo de Deus, na rica e inefável alegoria do bom pastor, ao afirmar: “Eu sou o bom pastor, eu conheço minhas ovelhas e elas me conhecem” (Jo 10, 14). No bom pastor temos os pressupostos indispensáveis para sermos felizes e realizados, nos sinais por ele mesmo apresentados. Depende de nós percebermos suas características, a partir de sua incomensurável ternura, a não se cansar de amar e perdoar as pessoas, ovelhas do rebanho santo.

Brasil vive uma mudança epocal ao se despedir da política dos últimos 80 anos. Entrevista especial com Luiz Werneck Vianna

“O espírito do tempo deve passar, ele pede passagem; temos de abrir as portas para ele”, provoca o sociólogo.
Imagem: Jornal GGN
“Uma mudança no espírito do tempo”. É a isso que estamos assistindo em meio à crise política e às posições acirradas em torno da votação doimpeachment da presidente Dilma, diz Werneck Vianna à IHU On-Line, na entrevista a seguir concedida por telefone na última sexta-feira (22-04-2016).
As evidências dessa mudança, assinala, podem ser vistas tanto no debate entre cidadãos, que buscam seus fundamentos na Constituição Federal, que tem sido “o livro de todos”, quanto no exercício dos tribunais, a exemplo do STF na condução do processo de impeachment, porque “se parlamentares foram acossados, ninguém acossou os tribunais, que ficaram como que acima das paixões que se desencadeavam”, diz.
Com os acontecimentos políticos dos últimos meses, frisa, “nós nos despedimos (...) da Era Vargas e das disputas, como as de 64, por exemplo”, porque hoje o debate se dá em torno de questões “procedimentais” da “interpretação da Constituição”. E complementa: “Existe uma mudança a ser avaliada, a ser registrada e percebida. É uma mudança de fundo, eu diria”.

Presbíteros Comunitários para Comunidades sem Eucaristia.


 
De 19 a 25 de abril o Santuário Nacional de Aparecida acolhe o 16º Encontro Nacional de Presbíteros que terá como tema: “Presbíteros do Brasil, alegria no testemunho do Evangelho”. O evento é promovido pela Comissão Nacional dos Presbíteros e pela Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB e vai reunir 550 padres de todas as Dioceses do Brasil e convidados de outros países.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Jornal Rumos 245

Com alegria lhe repasso o novo jornal Rumos 245, do Movimento das Famílias dos Padres Casados do Brasil.
240
Desejo-lhe boa e proveitosa leitura.   –   Solicito e aguardo o retorno de seus comentários, ao meu e-mail gilgon@terra.com.br
Clique abaixo e aguarde a abertura do jornal. (Para facilitar a leitura aumente o ZOOM, alargando as páginas)

Francisco em Santa Marta nos exorta a anunciar a Ressurreição de Jesus

O Santo Padre recorda que Jesus intercede por todos nós e devemos ter a esperança de que Ele voltará

OSSROM55180_Articolo-740x493
El Papa Francisco Celebrando En La Casa Santa Marta (Foto Copyright Osservatore Romano)
“Jesus está vivo! Este – recordou o Papa na homilia de hoje – é o anúncio dos Apóstolos aos judeus e pagãos de seu tempo, e que foi testemunhado também com a sua vida, com o seu sangue”.

'Há um país novo, produtivo, criativo, solidário querendo existir, mas sem contar com vias adequadas de representação". Entrevista especial com Adriano Pilatti

“Depois de domingo, ninguém pode dizer que ignora a pequenez majoritária na suposta casa de representação popular”, diz o professor do PPG em Direito da PUC-Rio.
Foto: www.camara.gov.br
Uma farsa. Um ato vil de retaliação política e vingança pessoal, sem base jurídica, tomado por uma maioria destituída de qualquer autoridade moral para tanto, uma decisão ilegítima e vergonhosa. Acrescente-se a isso o formidável espetáculo de cinismo e baixeza que foi a sessão de votação, um momento repulsivo, simplesmente”.
A análise contundente é de Adriano Pilatti em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line.
Juridicamente, Pilatti sustenta que não houve crime de responsabilidade fiscal por parte da presidenteDilma, “conduta suscetível de ser enquadrada nas novas definições delitivas acrescentadas à Lei 1.079/50 pela Lei 10.028/00 no bojo da chamada política de responsabilidade fiscal”. Em sua opinião, é possível reverter a crise política imediatamente através de eleições gerais: “Seria a forma mais legítima, limpa, democrática, rápida e indolor de superar a crise”.

Bispos de Angola e S. T. – Nota Pastoral sobre o memento Atual da Nação


                CONFERÊNCIA EPISCOPAL DE ANGOLA E S. TOMÉ – CEAST
De 2 a 9 do corrente mês de Março, realizáaos, em N’Dalatando, a nossa Primeira Assembleia Geral Ordinária de 2016. E depois do que “vimos e ouvimos” (1Jo,1,1), não podíamos sair dela sem vos dirigir a presente mensagem. A isto nos obriga a consciência de sermos vossos pastores e membros desta grande Família Angolana.
“O QUE VIMOS E OUVIMOS”

sábado, 23 de abril de 2016

Sínodo ortodoxo:

cristãos devem ser defendidos

Clérigos ortodoxos russos no Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, em 20 de fevereiro de 2016 - AP
21/04/2016 20:00
Moscou (RV) – Um encontro histórico que, por meio da Declaração comum, sublinhou a urgência de defender os cristãos nas regiões onde são perseguidos e que contribuiu para uma trégua parcial nas hostilidades na Síria, salvando milhares de vidas.  A visita do Patriarca Kirill à América Latina e o histórico encontro ocorrido em Havana com o Papa Francisco, estiveram entre os temas tratados no Sínodo da Igreja ortodoxa, realizado em 16 de abril passado, em São Petersburgo.

Um golpe parlamentar e a volta reacionária da religião, da família, de Deus e contra a corrupção


Leonardo Boff
Adital

Observando o comportamento dos parlamentares nos três dias em que discutiram a admissibilidade do impedimento da presidenta Dilma Rousseff parecia-nos ver criançolas se divertindo num jardim da infância. Gritarias por todo canto. Coros recitando seus mantras contra ou a favor do impedimento. Alguns vinham fantasiados com os símbolos de suas causas. Pessoas vestidas com a bandeira nacional como se estivessem num dia de carnaval. Placas com seus slogans repetitivos. Enfim, um espetáculo indigno de pessoas decentes de quem se esperaria um mínimo de seriedade. Chegou-se a fazer até um bolão de apostas como se fora um jogo do bicho ou de futebol.

Afinal, o que os evangélicos querem da política?

A professora de psicologia Bruna Suruagy, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, fez 42 entrevistas para sua tese de doutorado Religião e política: ideologia e ação da ‘Bancada Evangélica’ na Câmara Federal”. Ouviu parlamentares da bancada evangélica (de 2007 a 2011), assessores e jornalistas. Continuou acompanhando o movimento dos políticos evangélicos e o crescimento da bancada no Congresso. Em entrevista à Pública, Bruna explica como acontece a seleção dos candidatos dentro das igrejas, o esquema político das principais denominações pentecostais e o que querem os políticos evangélicos.
A entrevista é de Andrea Dip, publicada por Agência Pública, 19-10-2015. 
Eis a entrevista. 

‘EUA farão de tudo para que nosso continente volte a ser o quintal deles’, diz Frei Betto

Guilherme Weimann | São Paulo | Brasil de Fato – 14/04/2016
Foto: José Cruz/ Agência Brasil
Para o escritor, ‘os Estados Unidos não dormem em serviço. Quanto mais puderem desestabilizar os governos progressistas da região, mais o farão. Porém, governos devem reconhecer erros, como o de não cuidar da alfabetização política do povo’

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Em cima do muro? – Mística, Ética e Crise Política Brasileira (IHU/Adital)


IHU - Unisinos
Adital
"Tudo isso quer nos informar que a busca de 'paz interior' como condição preponderante para o alcance da concórdia no país, bem como a defesa de uma 'ética genérica' que quer ver todos os corruptos investigados e presos numa clara posição apolítica não serão capazes oferecer a nação um caminho concreto que nos ajudará a enfrentar a urgente crise que atravessamos", escreve Felipe Rocha, professor, teólogo e doutor em Antropologia da Religião pela Escola Doutoral de Teologia e Ciências da Religião de Strasbourg.
Eis o artigo.

Movimentos sociais preparam ofensiva contra possível governo Temer

Considerando improvável uma virada no Senado contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) anunciou uma ofensiva para a próxima semana com objetivo de resistir “ao golpe em curso no país e pela defesa dos direitos e programas sociais, ameaçados em um eventual governo (de Michel) Temer”. O movimento prepara bloqueios de rodovias e avenidas, ocupações e paralisações em dezenas de cidades brasileiras, que poderão ocorrer a qualquer momento durante a semana.
A reportagem é publicada por Rede Brasil Atual - RBA, 20-04-2016.

Religiosos criticam citações a Deus na sessão da Câmara que votou impeachment

Reportagem de Isabela VieiraAgência Brasil, 19-04-2016.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

A Igreja solteira, masculina e hierárquica que fala à família. Entrevista especial com Ivone Gebara (IHU/Adital)


IHU - Unisinos
Adital
"Na exortação podemos perceber a presença da tolerância para com pessoas consideradas vítimas, mas ao mesmo tempo uma intransigência em relação a teorias e filosofias que abalariam os alicerces do idealismo filosófico católico tão fortemente presente no texto", opina a teóloga.
*Por João Vitor Santos

Debater o poder constituinte é mirar a história e o devir da democracia. Entrevista especial com Francisco de Guimaraens

"Quanto mais houver bloqueio e neutralização da experiência democrática, mais o Estado estará sujeito a conspirações, externas e internas. Portanto, quanto mais distante do processo democrático, mais instável é o poder do Estado. Sem uma multidão potente, autônoma e livre, o Estado é fraco, colonizado e servo", afirma o jurista e professor da PUC-Rio.
Imagem: www.luizcarlosbill.com.br
Poder constituinte é um conceito de caráter jurídico ao qual se atribui a função de fundar e garantir a legitimidade da ordem constitucional. No entanto, sua importância se amplia na medida em que é considerada a amplitude dos reflexos que suas ações atingem na sociedade.
Conforme ressalta Francisco de Guimaraens, em entrevista por e-mail à IHU On-Line, “reduzir a tarefa do poder constituinte, exclusivamente, à fundação do ordenamento constitucional significa negar a natureza política, social e econômica das próprias constituições e também as profundas mutações que as lutas sociais, étnicas, raciais, políticas e econômicas introduziram em constituições longevas, como a Constituição dos Estados Unidos”.

Maria de mais – Maria de menos

Pr. Elben Cesar
Maria de menos é um erro. É uma injustiça desnecessária contra a mãe de Jesus. É uma ofensa ao catolicismo romano. É um extremo que excita o outro extremo. É um erro de estratégia missionária. É como se você levantasse a sua voz contra o sexo e não contra a corrupção do sexo. Ê como se você extirpasse o estômago inteiro e não a parte afetada pela doença. Mas, Maria de menos não mexe no intocável, não mexe na estrutura teológica do cristianismo.
Não se pode dizer o mesmo da posição católico romana. Maria de mais é um desastre, é uma sutileza, é uma cilada, é uma tragédia. A ênfase demasiada a Maria é muito mais que uma injustiça contra Jesus. É muito mais que uma ofensa aos protestantes, aos judeus e aos muçulmanos, bem avisados do perigo da idolatria, mesmo encoberta e camuflada. Maria de mais não é coisa de somenos importância, não é apenas uma questão de cultura.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

“Este dia para mim foi muito forte, dava vontade de chorar”. Entrevista com o Papa Francisco

“Em primeiro lugar, quero agradecer por este dia de trabalho. Para mim foi muito forte, muito forte…”.
E sobre a saudação a Sanders: “Se alguém acredita que saudar seja imiscuir-se na política, recomendo que procure um psiquiatra”.

A admissibilidade do impeachment e a continuidade da crise política. Entrevista especial com Rudá Ricci (IHU/Adital)



IHU - Unisinos
Adital
"Qual será a saída? Lula ou um outsider da política? O fato é que me parece que mergulhamos ainda mais na crise política", afirma o sociólogo após admissibilidade do impeachment na Câmara dos Deputados.
Por Patricia Fachin

A ponte para o passado. Um programa econômico com validade vencida



Carta Capital
Adital
"No Brasil, os programas econômicos e sociais dos impichadores permanecem aprisionados aos fracassos do passado, que fizeram o Patropi despencar no ranking das economias industriais e retornar para a condição de economia primário-exportadora, como o demonstra em seu último artigo o economista Pierre Salama”, escrevem Luiz Gonzaga Belluzzo e Gabriel Galípolo, economistas, em artigo publicado por CartaCapital.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Papa Francisco no olho do furacão: sobre a família, com as mãos atadas pelos bispos

ORAÇÃO PELA FAMÍLIA - Papa Francisco:

“Jesus, Maria e José, em vós contemplamos o esplendor do verdadeiro amor. Confiantes, a vós nos consagramos, Sagrada Família de Nazaré. Tornai também as nossas famílias lugares de comunhão e cenáculos de oração. Autênticas escolhas do Evangelho e pequenas igrejas domésticas. Sagrada Família de Nazaré, que nunca mais haja nas famílias episódios de violência, de fechamento e divisão; e quem tiver sido ferido ou escandalizado seja rapidamente consolado e curado. Sagrada Família de Nazaré, fazei que todos nos tornemos conscientes do caráter sagrado e inviolável da família, da sua beleza no projeto de Deus. Jesus, Maria e José, ouvi-nos e acolhei a nossa súplica. Amém!

Papa Francisco aconselha uma leitura calma da Exortação Apostólica


Reflexões de Do Alberto Taveira Corrêa, arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

Foto: ZENIT
O Papa Francisco ofereceu à Igreja a Exortação Apostólica Pós-Sinodal “Amoris Lætitia” (A alegria do amor), sobre o amor na família, como fruto de duas Assembleias do Sínodo dos Bispos. Diz o Papa: “Apesar dos numerosos sinais de crise no matrimônio, o desejo de família permanece vivo nas jovens gerações. Como resposta a este anseio, o anúncio cristão que diz respeito à família é deveras uma boa notícia”. Interpretações mundanas viram no documento papal uma possível decepção, enquanto todos nós, filhos da Igreja, descobrimos a projeção de um renovado sopro a favor da família.