terça-feira, 31 de maio de 2016

[Esticadores de Horizontes] Juventudes exigem direito à cidade


Benedito Teixeira
Adital
Ter acesso livre e seguro à cidade e ao próprio território onde vivem. Este, um direito humano básico, ainda é negado às juventudes socialmente excluídas, principalmente as das periferias.


 Com base nos depoimentos e histórias de jovens do Grande Bom Jardim - conjunto de bairros no extremo sul de Fortaleza - ouvidos pelo projeto de reportagens especiais "Esticadores de Horizontes", na semana passada. Escutamos, agora, representantes públicos e uma especialista na área de direitos humanos e juventudes para entender porque esse direito humano básico continua sendo negado. Existe vontade e conhecimento sobre essa grave deficiência, mas, seja por parte do poder público e mesmo da sociedade civil organizada, as ações de inclusão nessa perspectiva do pertencimento e do direito à cidade ainda são uma gota num oceano de necessidades.
Veja as matérias:

http://site.adital.com.br/site/noticia.php?lang=PT&cod=88967

Benedito Teixeira

Benedito Teixeira é jornalista, mestre e doutorando em Literatura. Editor do portal Adital desde julho de 2013.
Email
benedito@adital.com.br
benitoteixeira@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário