segunda-feira, 31 de outubro de 2016

A BRUXA ESTÁ SOLTA .....

Celebramos todos os anos uma fileira interminável de “dias”: das mães, dos pais, da criança, da árvore, do Índio, do(a) professor(a), do(a) estudante ...... . Embora respeitar este “sagrado” costume, pessoalmente não gosto muito destas “comemorações”, porque são pontuais por demais: “the day after”, isto é, o dia depois já esquecemos o que havíamos celebrado e, em especial, já se apagou a lembrança aos bons propósitos feitos, e as lágrimas já foram enxugadas, porque, sejamos sinceros, não eram tão molhadas assim. Na realidade, todos os dias são dias de mães, pais, crianças, árvores, Índios, professores, estudantes ...., porque todos os “dias” nos dão alegria ou tristeza, esperança ou revolta, força de luta ou sentimento de entrega. Todos os dias são dias de vida.

A sorte do Brasil: para cada Janaína, temos estudantes como a paranaense Ana Júlia

 Por Kiko Nogueira – 10/2016
A Escola sem Partido, diz AJ,  “é uma escola sem senso crítico, é uma escola racista, homofóbica. É falar para os jovens que querem formar um exército de não pensantes, um exército que ouve e baixa a cabeça. Não somos isso. Escola Sem Partido nos insulta, nos humilha, nos fala que não temos capacidade de pensar por nós mesmos”.
Por Kiko Nogueira – Quando você achar que está na hora de se mudar para o Uruguai, quando você vir que o Brasil pariu Janaína Paschoal, quando você ouvir Alexia Deschamps — lembre-se da estudante Ana Júlia Ribeiro.

sábado, 29 de outubro de 2016

Discurso do Papa aos jesuítas cura décadas de mágoa e incompreensão

"Dadas as suspeitas com as quais a maioria dos jesuítas no mundo o viam em março de 2013, o amor e a afeição crescentes entre Francisco e a Companhia estão sendo desde então nada menos do que extraordinários. Interpretada à luz deste histórico, a alocução de Francisco feita neste domingo à 36ª CG foi uma chance de articular uma visão do propósito e da missão jesuíta que – na opinião deles – havia sido abandonada, apesar da advertência de Paulo VI em 1974".

A resolução das crises contemporâneas depende da mudança do paradigma econômico. Entrevista especial com Thomas Fatheuer

Apesar do “consenso geral de que a continuidade do modelo econômico atual não é mais viável”, o debate sobre a solução das crises econômica e climática tem seguido, preponderantemente, uma mesma via, a das mudanças climáticas, critica Thomas Fatheuer na entrevista a seguir, concedida por telefone à IHU On-Line. “A economia verde formula uma resposta a um dos aspectos da crise, que é o aspecto das mudanças climáticas. Os defensores da economia verde argumentam que não se pode continuar emitindo poluentes do modo como é feito hoje, e isso requer uma mudança na economia, o que é importante, mas é uma mudança parcial porque ela só reage à crise do clima. Nós, que temos uma visão mais crítica, defendemos que a crise global tem mais de um aspecto e não somente o aspecto climático”, pontua.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Capitalismo, teu nome é solidão

"Os seres humanos, mamíferos ultrassociais cujos cérebros estão conectados para responder uns aos outros, estão sendo separados. Mudanças econômicas e tecnológicas, assim como a ideologia, desempenham o papel principal nessa história. Embora nosso bem-estar esteja indissociavelmente ligado à vida dos outros, onde quer que estejamos dizem-nos que só prosperamos pelo auto-interesse competitivo e extremo individualismo".

O artigo é de George Monbiot, jornalista, escritor, acadêmico e ambientalista do ReinoUnido, traduzido por Inês Castilho e publicado por Outras Palavras, 24-10-2016.

Lutero, profeta da Bíblia e da consciência

Marco Rizzi – 10/2016 
O ano de 1517 não é apenas o ano em que foram afixadas as 95 teses nas portas da igreja do castelo de Wittenberg, mas também o ano em que o seu autor assina pela primeira vez como Martin Eleutherius“Livre”, em grego, simplificado, depois, para Martin Luther, com o qual o iniciador da Reforma passou para a história.
Martin Luder – esse era o sobrenome de família – nascera no dia 10 de novembro de 1483, em Eisleben, na Turíngia, primogênito do pequeno empresário agrícola e da mineração Hans e de Margarethe Lindemann, filha de um expoente da burguesia.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O que faremos com o Aquífero Guarani?

“Um gigante na linha de mira da privatização?”, escreve Rui Daher, criador e consultor da Biocampo Desenvolvimento Agrícola, em artigo publicado por CartaCapital, 25-10-2016.
Eis o artigo.
(Foto: Agência Brasil)
O fato de o Brasil ter chegado, neste século, a uma potência agropecuária mundialdeveu-se à extensão de seu território, às condições edafoclimáticas de sua posição geográfica e a uma vocação negocial e laboral secular, o que permitiu alta diversificação de culturas para os mercados interno e externo.

A Igreja e a Política: que Igreja e que política? (1)

 – 23/10/2016
1. A Igreja Católica está em alta! Foi a exclamação de um amigo ao mostrar-me, numa rua do Porto, a primeira página do jornal, Le Monde.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

XXI ENCONTRO NACIONAL DAS FAMÍLIAS DOS PADRES CASADOS – MFPC

85
Caros colegas do MFPC, pensando em vivermos um momento de congraçamento e fraternidade,  o grupo do MFPC/Brasília está organizando com muito carinho e dedicação, o XXI Encontro Nacional das Famílias dos Padres Casados.
Nos dias 18 a 22 de janeiro 2017, em Brasília, no Instituto Israel Pinheiro, à beira do Lago Paranoá.
 Até a presente data temos 54 pessoas inscritas. Ainda há 30 apartamentos disponíveis, mas não deixe para reservar o seu na última hora. Por dois motivos:

China, os católicos “clandestinos” rejeitam “a operação Dong”

China: “Clandestine” Catholics reject “operation Dong”
Gianni Valente – 21/10/2016
Foto: O autointitulado bispo Paulus Dong
“No caso do autointitulado bispo “clandestino” ordenado sem o consentimento do Papa afloram detalhes reveladores. No alvo parecem estar as negociações em curso entre Pequim e a Santa Sé. Mas a resposta de muitos bispos, sacerdotes e leigos da área “clandestina” é luminosa e consoladora”
Se as dioceses precisam de um bispo, podem contatar-me pelo meu telefone celular 138 / 03334XXX”. Já no início de setembro, o sacerdote chinês Paulus Dong Guanhua prometia deste modo ordenações episcopais a pedido, nas páginas do ‘website’ católico www.tianzhujiao.online

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Papa Francisco: "Em tempos de guerra mundial, só podemos vencer com o perdão"

"Todas as vezes em que um penitente se aproxima, abre a porta do confessionário, ou se ajoelha diante da grade, ou se senta ao lado de nós, sacerdotes, para viver a experiência da reconciliação, seja qual foi a sua história, sejam quais forem as motivações que o trouxeram, seja qual for a carga de pecado que ele carrega sobre as suas costas, nós, padres, devemos pensar na atitude do Pai do Filho Pródigo."

Publicamos aqui um trecho do prefácio escrito pelo Papa Francisco para o livro Non aver paura di perdonare, de Luis Dri, com Andrea Tornielli e Alver Metalli(Ed. RaiEri). O artigo foi publicado no jornal La Repubblica, 23-10-2016. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Estudantes fazem dia nacional em defesa da educação nesta segunda

Movimento estudantil organiza atos em diversas cidades do país. Em São Paulo, alunos vão se somar a movimentos sociais e sindicatos em protesto a partir das 18h na Avenida Paulista.
A reportagem é de Sarah Fernandes e publicada por Rede Brasil Atual - RBA, 23-10-2016.

Educadores criticam falta de diálogo do governo Temer e preparam mobilização contra a MP 746/2016

“O Ensino Médio tem que mudar e não temos dúvidas disso. Porém, a mudança que nós queremos não está contemplada na Medida Provisória 746. E o que a gente quer, única e exclusivamente, é ser sujeito. Nós queremos opinar sobre as mudanças junto com nossos alunos e os pais. E, com certeza, a escola que almejamos não está contemplada nesta MP”.

sábado, 22 de outubro de 2016

Por uma sociedade que defenda e promova a vida

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)

Desde 2005, aprovada pela 43ª Assembléia Geral da CNBB, acontece de 1º a 7 de outubro a Semana Nacional da Vida, que conclui com a celebração do 8 de outubro: Dia do Nascituro. Este ano o tema proposto para a reflexão é Vida e Sociedade , uma vez que avança a cultura da morte expressa na banalização da vida, na violência urbana contra mulheres, jovens, e crianças e as tentativas de aprovar o aborto. Fica claro não só para os cristãos, as pessoas religiosas, mas para todos/as que valorizam a vida como dom precioso e sagrado, que a legalização do aborto é como afirmava São João Paulo II a derrota e claudicação da civilização humana, a institucionalização de um totalitarismo eugenésico e demográfico que sacrifica e destrói a pessoa, instaurando um holocausto silencioso e perverso.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

OS SEM VOZ

Cidade do Vaticano (RV) - “Migrantes menores de idade, vulneráveis e sem voz”: este o tema escolhido pelo Papa para o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, que será celebrado no dia 15 de janeiro de 2017. Nesta semana foi divulgada a mensagem de Francisco para este dia na qual convida a comunidade cristã e toda a sociedade civil a fornecer respostas ao drama de milhões de crianças e jovens, muitas vezes não acompanhados no fluxo global das migrações, em fuga de guerras, violências, pobreza e desastres naturais.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Missão é abrir-se ao mundo

À medida que passam os tempos, a missão da Igreja merece uma maior atenção, sempre acompanhada de um renovado ardor da parte dos cristãos. Faz-se mais necessário o valor indizível da oração, como sustento da ação missionária da Igreja, e o sucesso de todo trabalho depende, evidentemente, da íntima e estreita união com Deus dos seguidores de Jesus de Nazaré. Que a Igreja, sacramento de salvação, continue, corajosamente e com grande sabedoria e satisfação, a anunciar o Evangelho da salvação aos homens do nosso tempo, sem nunca perder de vista a natureza da missão, que é partir até aos confins do mundo, como ensina o Livro Sagrado: “Como é maravilhoso ver o mensageiro pelas montanhas, trazendo notícias de paz, boas notícias de salvação” (Is 52, 7).

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Joseph Tobin, Santo Afonso e a Igreja “que acusa com o dedo”

A Igreja, nos Estados Unidos, sofre do mal da “balcanização” entre os fiéis. É a polarização dos católicos “entre a chamada direita e a esquerda ou entre as facções progressistas e tradicionalistas”, que contrapõem as pessoas em “campos ideológicos separados”. É o que pensa sobre o catolicismo estadunidense o redentorista Joseph William Tobin, arcebispo de Indianápolis a quem o Papa Francisco quis incluir na lista dos 17 novos cardeais que receberão o barrete vermelho durante o Consistório do próximo dia 19 de novembro.
A reportagem é de Gianni Valente e publicada por Vatican Insider, 14-10-2016. A tradução é e André Langer.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Boulos: a Desconstituinte de 2016

"O “Novo Regime Fiscal”, apelido da PEC, é na verdade um novo apartheid social. O abismo da concentração de renda vai se ampliar. Os trabalhadores que ousaram melhorar de vida e exigir o acesso a serviços públicos serão atirados de volta à senzala", escreve Guilherme Boulos, integrante da coordenação nacional do MTST, em artigo publicado por Outras Palavras, 13-10-2016.

‘Desastre em Belo Monte é iminente’, diz Conselho de Direitos Humanos

“Há grandes chances de ocorrer um desastre em Belo Monte”, alertou, nesta quinta-feira (13), Darci Frigo, membro do Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), durante entrevista coletiva, em Belém, que tratou das violações de direitos humanos ocorridas na região de Altamira, sudoeste do Pará. Em nota enviada ao G1, a usina declarou que lamenta que os representantes do Conselho Nacional dos Direitos Humanos ignoraram informações que receberam da Norte Energia, e que a mesma não pode ser responsabilizada por problemas cuja origem é a omissão do Poder Público.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Arturo Sosa anima a “buscar alternativas para superar a pobreza, a desigualdade e a opressão”

Na tarde da sexta-feira, 14 de outubro, os membros da congregação geral tomaram um merecido descanso após a eleição. Na manhã do sábado, reuniram-se na igreja do Gesù, pela segunda vez em duas semanas. Neste caso, para celebrar com alegria uma eucaristia de ação de graças com o Pe. Arturo Sosa, que, pela primeira vez como geral daCompanhia de Jesus, teve a oportunidade de dar sua mensagem espiritual inspirado na Escritura. Em sua breve homilia, o Pe. Sosa tocou diversos pontos.

O cachorro e o corpo caído na rua

Milly Lacombe - 10/2016
“Andando pelos jardins hoje, enquanto passava por um desses corpos abandonados numa calçada da elegante alameda Itu, uma mulher à minha frente passeava com seu cachorro de porte cavalar e pelos brilhantes e penteados. Apesar da insistência de sua dona para que a caminhada continuasse, o cachorro não sossegou enquanto não foi até o homem, que, sentindo alguém se aproximar, abriu os olhos e sorriu. O cachorro então abanou o rabo e fez festa, e assim os dois ficaram por algum tempo.

domingo, 16 de outubro de 2016

Papa: rezar é lutar; não é refugiar-se num mundo ideal

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco presidiu na manhã deste domingo (16/10), na Praça S. Pedro, à Santa Missa com o rito de canonização de sete novos santos.
 
No início da celebração eucarística, com a participação de milhares de fiéis, foram canonizados: Salomão Leclercq (1745-1792), José Sanchez do Río (1913-1928), Manuel González Garcia (1877-1940), Ludovico Pavoni (1784-1849), Afonso Maria Fusco (1839-1910), Isabel da Santíssima Trindade (1880-1906) e José Gabriel do Rosário Brochero (1840-1914). Estavam presentes na Praça delegações oficiais dos cinco países de proveniência dos santos: Itália, Argentina, México, França e Espanha.

sábado, 15 de outubro de 2016

Vídeo: Convite à desconstrução da PEC-241 (parte 2)

Antonio Martins - 10-2016
Novo mergulho nas contas públicas demonstra: além de injusta, proposta é ineficaz. Veja como os banqueiros colonizam o Orçamento. Por que as contas do Estado não são iguais às de uma família. E mais: rebatemos as análises simplórias de “O Antagonista” e “Spotnik”
 [A seguir, o texto do vídeo]
Hoje, vamos continuar desconstruindo a Pec-241 (clique, veja e ouça)  agora de maneira mais aprofundada. Vamos aproveitar também para vasculhar melhor o Orçamento da República – esta peça tão fundamental para os destinos da sociedade, porém mantida tão oculta pelos governos e pelas mídias tradicionais. No programa passado, nós demonstramos a injustiça da emenda constitucional proposta pelo governo.

DIA DOS PROFESSORES 'Mais uma vez, nada temos a comemorar', diz presidenta da Apeoesp

São Paulo – Para os professores da rede pública estadual paulista, os desafios de sempre, como salas superlotadas, baixos salários e uma jornada longa – em três períodos e em escolas diferentes, na maioria dos casos –, sem tempo para correção de provas ou preparação de aulas, têm tudo para serem agravados com o avanço de propostas do governo Temer ou que já receberam seu apoio.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Deus,onde estavas naquele momento? Por que não acalmaste o tufão Mathew?

Leonardo Boff – 14/10/2016
“Tu bem sabes, Senhor: o povo haitiano é um dos mais pobres do mundo. Negros, conheceram todo tipo dediscriminação. Foram oprimidos por ditadores ferozes que faziam das matanças, política de Estado. Tudo sofreram, tudo suportaram. Não desistiram. Caídos e do meio do pó das ruínas, estavam se levantando. E eis que de novo foram açoitados pela natureza rebelada. Onde está a tua piedade? Não são teus filhos e filhas, especialmente queridos, porque representam o Cristo crucificado?”
Eis o artigo.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Convite à Desconstrução da PEC 241- (1)

PEC 241
  • Antonio Martins – 10/10/2016
  • Vídeo: Gabriela Leite
  • Foto: Fabio R. Pozzebom
Governo venceu primeira batalha para aprovar congelamento dos gastos públicos. Mas um mergulho no Orçamento da República desmente, uma a uma, suas teses. País não está quebrado. Gasto social cresceu, mas ainda é reduzido. PEC tira da Educação e Saúde, e engorda os milionários
Muito bom dia. Este é mais um vídeo experimental de Outras Palavras, hoje com um tema especial.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

“PEC 241 é condenação de morte para milhares de brasileiros”

Entrevista: José Gomes Temporão – Em vez de sacrificar a saúde e a educação no ajuste fiscal, o ex-ministro propõe o enfrentamento à injusta estrutura tributária do País

Temporão

Rodrigo Martins – 10/10/2016
é prevista uma perda acumulada de centenas de bilhões de reais ao longo dos 20 anos de vigência. “Essa decisão do Congresso é uma condenação de morte para milhares de brasileiros que terão a saúde impactada por essa medida irresponsável”, diz Temporão, em entrevista a Carta Capital.“Estamos falando de fechamento de leitos hospitalares, de encerramento de serviços de saúde, de demissões de profissionais, de redução do acesso, de aumento da demora no atendimento.”
‘Haverá uma perda real de recursos para saúde, enquanto a demanda só aumenta’, diz Temporão

terça-feira, 11 de outubro de 2016

A escola do amor, a fonte da ternura

Leonardo Coimbra-  Atualizado em 04.10.12
Foto abaixo: S. Francisco de Assis – Cândido Portinari
S. Francisco é o homem espontaneamente cristão, é, pois, o homem que reencontrará a Natureza paradisíaca, aquela que é o tipo divino, que é a ideia-acto do pensamento criador. Um Platão depois de Cristo. Um Platão cristão, ingénuo infante que tudo adivinhasse, veria assim a Natureza. O resto de Caos, que é, em Platão, o mal, a resistência, a transitividade e a morte, precisava o redentor que tivesse incendiado um lume de tão alta temperatura, que, vencendo todas as incombustibilidades, dada deixasse do Caos, da Guerra, da resistência e da Morte.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

EXCEPCIONALISMO

 Anselmo Borges – 01/10/2016
” As religiões institucionais têm do melhor e do pior e correm constantemente perigos terríveis, sobretudo por causa da sua vinculação ao poder.
No caso do cristianismo, há aquele dito famoso: “Jesus pregou o Reino de Deus e o que apareceu foi a Igreja”que se transformou em poder.

sábado, 8 de outubro de 2016

NÓS ERRAMOS

Frei Betto – 28/09/2016
“Em que baú envergonhado guardamos os autores que ensinam a analisar a realidade pela ótica libertadora dos oprimidos? Onde estão os núcleos de base, as comunidades populares, o senso crítico na arte e na fé?

GÊNESE, MISSÃO E ROTAS

O convite feito por um militante anônimo, em maio de 1968, pintado nas paredes do teatro Odéon, em Paris, transformou-se em uma espécie de marca do Instituto Humanitas Unisinos – IHU e de suas atividades, desde sua origem, em setembro de 2001, na Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos, em São Leopoldo.

Poucos presbíteros celibatários? Então, abramos as portas para os homens casados

Sandro Magister -  21-09-2016
É o remédio no qual pensam o cardeal Hummes e o Papa Francisco devido à falta de clero, começando pela Amazônia. Mas também na China do século XVII os missionários eram poucos e a Igreja florescia. Sobre isso escreve a revista La Civiltà Cattolica.
Reportagem publicada por Chiesa.it, 21-09-2016
Há alguns dias, o Papa Francisco recebeu em audiência o cardeal brasileiro Cláudio Hummes, acompanhado pelo arcebispo de NatalJaime Vieira Rocha.
Hummes, de 82 anos, anteriormente arcebispo de São Paulo e prefeito da Congregação vaticana para o Clero, é atualmente o presidente tanto da Comissão para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), como da Rede Pan-Amazônica, que reúne 25 cardeais e bispos dos países vizinhos, além de representantes indígenas das diversas etnias locais.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

A verdadeira religião é crítica

 02/10/2016 
1. Tinha recomendado a um amigo, enfastiado com as produções açucaradas de espiritualidade pós-moderna e com as passerelles de diálogo inter-religioso, o último livro de Anselmo Borges, o questionador das manifestações da religiosidade, da religião e das religiões[1]. É um agrupamento de textos essenciais acerca do essencial.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

AUMENTA-NOS A FÉ

  - 02/10/2016
“Ensina-nos a viver convertendo-nos a uma vida mais evangélica, sem nos resignarmos a um cristianismo rebaixado onde o sal se vai tornando insonso e onde a Igreja vai perdendo estranhamente a sua qualidade de fermento. Desperta entre nós a fé das testemunhas e dos profetas.
 Lc 17, 5-10
De forma abrupta, os discípulos fazem a Jesus uma petição vital: «Aumenta-nos a fé». Noutras ocasiões tinham pedido: «Ensina-nos a rezar”. À medida que Jesus lhes desvenda o projeto de Deus e o trabalho que lhe quer encomendar, os discípulos sentem que não lhes basta a fé que vivem desde crianças para responder à Sua chamada. Necessitam de uma fé mais robusta e vigorosa.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

A Igreja é povo – não uma aristocracia ou audiência

Massimo Faggioli - 05/10/2016
 “As críticas desencadeadas contra os ensinamentos de Francisco são sem precedentes contra um papa nos tempos modernos. Mas essas críticas não são pessoais.
Estamos noutra fase da transição (que não se iniciou com Francisco), de uma Igreja dirigida pela aristocracia para uma Igreja do Povo de Deus.
É a transição a uma apreciação realista e teológica, baseada na experiência, da sexualidade humana; uma teologia não afastada do caos criativo que constitui a vida”,
Escreve Massimo Faggioli,  professor de História do Cristianismo na University of St. Thomas, EUA, em artigo publicado por Global Pulse, 04-10-2016. A tradução é de Isaque Gomes Correa.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

O Papa Francisco fracassou?

Quando o Papa Francisco ascendeu ao trono de São Pedro em março de 2013, o mundo olhou com admiração. Aqui, finalmente, estava um papa em sintonia com a época, um homem que preferia gestos espontâneos à formalidade dos rituais. Franciscopagou a sua própria conta de hotel e evitou os sapatos vermelhos. Em vez de se mudar para os grandes apartamentos papais, instalou-se na aconchegante pousada de quem visita o Vaticano. Ele também estabeleceu um novo tom não dogmático com declarações como “Quem sou eu para julgar?

“Francisco é o primeiro Papa que fala das causas da injustiça no mundo”. Entrevista com Frei Betto

Festival Internacional de Literatura de Mântua, na Itália, recordou de maneira especial o primeiro aniversário da visita pastoral do Papa Francisco a Cuba, que aconteceu entre os dias 19 e 22 de setembro de 2015.

Para falar do legado que essa viagem histórica deixou e comentar sobre o impacto do pontificado de Jorge Mario Bergoglio, a editora do sítio CubadebateRosa Miriam Elizalde, conversou com o dominicano Frei Betto, na presença de um público que abarrotou o Palácio de San Sebastián, na cidade lombarda.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

A longa marcha dos gays católicos: "Com Bergoglio, fora das catacumbas"

Eles viveram durante anos nas catacumbas, em uma Igreja que, como explica o jesuíta alemão Klaus Mertes, diretor do Colégio de St. Blasien, em um artigo recém-publicado na revista acadêmica Theologie.geschichte, não consegue "se decidir a reivindicar direitos humanos fundamentais para as pessoas homossexuais". E ainda: "O fato de ela tolerar, ao contrário, que até mesmo altos representantes do clero invoquem compreensão para tradições culturais em que as pessoas homossexuais são ameaçadas de morte está em contradição com o Evangelho".

Uma santa que não acreditava em Deus

Leonardo Boff –  Setembro 2016
 “Sabemos que muitos místicos testemuham esta experiência de obscuridade. Constatamo-lo em São João da Cruz, em Santa Teresa D’Avila, em Santa Teresa de Lisieux, entre outros. Esta última, tão meiga e expressão da mística das coisas cotidianas, escreveu em seuDiário de uma Alma: “Não creio na vida eterna; parece-me que depois desta vida mortal, não existe nada: tudo desapareceu para mim, não me resta senão o amor”, escreve Leonardo Boff, filósofo, teólogo e escritor.

 Eis o artigo.


sábado, 1 de outubro de 2016

Papa diz que teoria de gênero é 'guerra global' contra o casamento

O papa Francisco alertou, neste sábado (1), sobre uma "guerra global" contra o casamento tradicional e a família, dizendo que ambos estão sob ataque pela teoria de gênero e o divórcio.
Francisco fez seu comentário em uma resposta improvisada para uma questão em um encontro da pequena comunidade católica da ex-república soviética da Geórgia.
"Você mencionou um grande inimigo do casamento: teoria de gênero", disse o papa, respondendo uma mulher que questionou sobre isso ser ensinado em escolas. Ele não elaborou a resposta.

cardeal Comastri: o Evangelho vivido 100% – é esta a mensagem de Madre Teresa


Madre Teresa e Angelo Comastri - RVAlessandro Gisotti 
Foto: Madre Teresa e Angelo Comastri – RV
Uma Santa testemunha do Evangelho, “uma cristã 100 por cento”.  É assim que o cardeal Angelo Comastri define Madre Teresa. O cardeal encontrou-se muitas vezes com a fundadora das Missionárias da Caridade e publicou recentemente um livro sobre ela intitulado “Eu conheci uma Santa”. 
Entrevistado por Alessandro Gisotti, o Cardeal Comastri enfatiza o valor da canonização de Madre Teresa para a Igreja e para o mundo

A maior temperatura em 5 milhões de anos

José Eustáquio Diniz Alves
“Estamos entrando em um período de emergência climática e o mundo precisa ir além do Acordo de Paris, pois, se a temperatura continuar subindo no ritmo acelerado das últimas décadas, o impacto do aquecimento global será desastroso e poderá levar ao colapso da civilização e à 6ª extinção em massa das espécies. Caminhamos para uma situação inédita nos últimos 5 milhões de anos”, escreve José Eustáquio Diniz Alves, doutor em demografia e professor titular do mestrado e doutorado em População, Território e Estatísticas Públicas da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE, em artigo publicado por EcoDebate, 19-09-2016.